Aspectos Gerais

Itinga do Maranhão 

Município brasileiro localizado na Região Amazônica do Estado do Maranhão, sendo o quarto mais populoso da Microrregião de Imperatriz. Itinga conta com uma população de 25.518 habitantes, segundo estimativas de 2016 do IBGE. É a cidade maranhense que, proporcionalmente, a sua população tem o maior percentual de residentes de outros estados brasileiros, já que 23,7% da população do município não é natural do estado do Maranhão.

Foi elevado a cidade pela Lei Nº 6.147, de 10 de novembro de 1994, desmembrado do município de Açailândia. O município de Itinga limita-se ao Norte com Estado do Pará; a Leste, Oeste e ao Sul com o município de Açailândia.

O território de Itinga do Maranhão é de 3.596,99 km², sendo o 19º maior município em extensão territorial do estado. Tem como principal fonte de renda a indústria madeireira (com destaque ao polo moveleiro - um dos maiores empregadores da cidade), pecuária e o setor de serviços. Mais recentemente, Itinga vem se destacando também no agronegócio, com a produção de milho e soja.

O município está em intensa conurbação [1]com a Vila Bela Vista, distrito da cidade de Dom Eliseu do Pará, herdando mais características culturais do estado vizinho do que do próprio estado. 

 

Topônimo

"Itinga" do tupi y'tinga que significa "água branca" ou "águas claras", junção dos termos 'y ("água") e ting ("branco" ou "claro", "alvo").

História

Em 1959, em decorrência da Rodovia Belém-Brasília, foi criado um pequeno povoado às margens do Rio Itinga, no estado do Maranhão. O rio, mais tarde, lhe emprestaria o nome. Fato ocorrido durante o governo do Presidente Juscelino Kubitschek, teve como primeiros moradores, Manoel Pereira de Carvalho (Manoel Ventinha), Manoel da Silva (Manoel Baixinho) e Manoel Barros (Manoel Tratorista) e Darly Rosa. Outro motivo que estimulou a sua criação foi a implantação do Posto Fiscal, na divisa. Nesta época, chegou a família de João Barbosa Botelho, cuja esposa Luzia Botelho foi a primeira professora na localidade, na Escola Catulo da Paixão Cearense. Com vistas ao crescimento da localidade, instalou-se a Igreja Católica, tendo como primeiro padre o Frei Noé. 

Elevado à categoria de município, nos anos 90, com a denominação de Itinga do Maranhão. 

Já ocuparam o cargo de prefeito: Raimundo Pimentel Filho (1997-2004), Francisco Valbert Ferreira de Queiroz (2005-2008) e Luzivete Botelho da Silva (2009-2016). O atual prefeito é Lúcio Flávio Araújo Oliveira, que ocupa o cargo desde 01º de janeiro de 2017, com mandato até 31 de dezembro de 2020. 



[1] Extensa área urbana formada por cidades e vilarejos que foram surgindo e se desenvolvendo um ao lado do outro, formando um conjunto.